Equipamentos de Rede

Produtos encontrados:5

Comparar

Clique em "Comparar" para exibir a comparação: produto(s) selecionado(s)

Adicionar

Produto(s) selecionado(s) para adicionar à Lista de Casamento.

Comparar

Clique em "Comparar" para exibir a comparação: produto(s) selecionado(s)

  • Equipamentos de rede

    Os benefícios de roteadores, hubs e switches

    Tanto no ambiente doméstico quanto empresarial, o uso da rede de computadores tem-se tornado cada vez mais importante, pois permite o compartilhamento de informações de maneira ágil, segura e fácil. Vale ressaltar, todavia, que, para garantir a praticidade e o bom funcionamento do sistema, é essencial investir em equipamentos de rede de qualidade. Entre esses artigos, estão roteadores, switches e hubs.

    Roteador

    Usado em conjunto com o modem, distribui melhor os pacotes de dados e possibilita a implantação de políticas de segurança para a rede, diminuindo a exposição do computador a possíveis perigos virtuais.

    A principal função dos roteadores é tornar viável o compartilhamento do sinal de rede com diversos aparelhos. Por isso, esses equipamentos são excelentes alternativas para ambientes organizacionais.

    Uma característica importante desse tipo de produto é o protocolo Wi-Fi. A maioria dos exemplares utiliza os padrões 802.11g ou 802.11n. O primeiro é mais indicado para redes domésticas, pois oferece alcance de 50 a 100 metros e velocidade de até 54 Mbps. O segundo, mais potente, é uma ótima opção para empresas e propaga o sinal por até 400 metros de distância, isso sem considerar obstáculos, como paredes e divisórias. A velocidade é de aproximadamente 300 Mbps.

    A eficiência do equipamento também depende do tipo de caminho que ele escolhe na hora de transmitir os dados. Os roteadores estáticos optam sempre o menor trajeto, sem considerar se há ou não congestionamento. Já os dinâmicos consideram o fluxo de informações na rede para escolher o caminho mais rápido, ainda que seja mais longo.

    Além de proporcionar o uso da rede sem fio, o roteador costuma apresentar em média 4 portas LAN, que permitem estabelecer ligações com computadores por meio de cabos – conexão que costuma ser mais estável.

    Hub

    Esse dispositivo de informática serve para interligar várias máquinas de uma rede local. Seu trabalho é mais simples que o do roteador, pois a ele cabe receber os dados vindos de um PC transmiti-los para outros computadores.

    Adequados para redes pequenas ou domésticas, os modelos de hub variam em relação ao número de portas que apresentam para a conexão de cabos de rede. É comum encontrar versões com 4, 8, 16, 24 e 32 aberturas.

    Uma grande vantagem desse equipamento é que, ainda que algum cabo apresente defeitos, a rede não sofre prejuízos, pois o hub a “sustenta”.

    Switch

    É mais uma boa opção de dispositivo de rede que atua como o hub, porém, de forma mais precisa. Diferentemente dos hubs, que distribuem os dados para todos os computadores da rede, os switches, depois de receberem a informação, encaminham os sinais apenas para o real destinatário.

    O equipamento consegue decodificar o cabeçalho da mensagem e encaminhá-la somente para a máquina que deve receber tal pacote. A memória interna do aparelho armazena os endereços dos computadores da rede, assegurando maior eficiência na entrega. Isso garante um trânsito seguro e sem muitos congestionamentos.

    Hub-switch

    É um produto intermediário, que atende bem a redes com poucas máquinas. Tem preço acessível, como o hub, e funcionalidades de switch.