Buscar

Notebooks, netbooks, tablets ou PCs de mesa: qual eu preciso?

Pelo Pinguim, direto do E-Glu

Desktop ou notebook? Tablet ou netbook? Antigamente, essa era uma decisão fácil. Se você precisava de um computador para jogos, bastava recorrer a um PC de mesa, também conhecido como computador desktop. Se precisava de uma máquina portátil, era só procurar um notebook - equipamentos mais caros, mas que ofereciam portabilidade.

Hoje, já é possível comprar notebooks mais baratos, mas a decisão ficou ainda mais difícil: surgiram os netbooks e os tablets, dividindo o espaço da portabilidade.

Neste guia, tentamos facilitar o processo de escolher o computador mais adequado para você.

Mas antes de continuar, um lembrete: fuja dos computadores “montados”, comprados em lojinhas suspeitas e com software pirata. Compre sempre marcas estabelecidas em lojas de informática e grandes magazines, que podem oferecer segurança, garantia e uma rede de assistência técnica decente.

Notebook ou desktop? Escolha seu computador principal.

Antes de se perguntar qual o melhor computador, você precisa se questionar: que uso eu espero dele? Computadores de mesa, ou desktop, tradicionalmente têm desempenho superior para aplicações pesadas - por exemplo, edição de vídeo. Hoje, os notebooks já estão acompanhando em desempenho, mas ainda dá pra pagar um pouco mais barato num desktop poderoso do que num notebook com o mesmo poder de fogo.

O que muitas pessoas fazem é ter os dois: um computador para trabalho pesado em casa, e um notebook (ou netbook ou ainda um tablet - veja mais adiante) para carregar para qualquer lugar.

Por que comprar um desktop

Antigamente era fácil: os notebooks eram caros e pouco potentes. Então, todo mundo comprava um computador de mesa. Só que hoje, com o barateamento dos computadores portáteis e o aumento de poder dos notebooks, o uso de computadores de mesa está bem restrito a algumas áreas. Por exemplo, editores de vídeo e imagem, que dependem de muito poder de processamento, ou ainda entusiastas de jogos.

Uma máquina potente que dá conta da maioria dos games e softwares pesados é a HP Pavilion P7 1060br, que vem com o novo processador Intel Core i5, 4 Gb de RAM (expansíveis), disco de 1 TB (mil gigas!) e uma placa de vídeo Radeon HD 6450.

Computador PC HP Pavilion P7 1060br 4GB 1TB Radeon HD

Mas mesmo que você não trabalhe com vídeo ou seja um jogador compulsivo, um desktop ainda pode ser vantagem: os modelos de entrada, mais modestos, ainda são muito mais baratos do que o mais barato notebook. Há modelos completos de desktop por menos de R$ 800 - alguns chegam a custar por volta de R$ 500.

Um exemplo é o Computador Qbex Atlas Gold, equipado com processador Intel Pentium Dual Core, 2GB de memória, disco de 500GB, Gravador de DVD e Monitor LCD Samsung widescreen de 15,6".

Computador PC Qbex Atlas Gold Dual Core 2G 500GB LCD

Dentro dos computadores de mesa, surgiu ainda uma nova opção, os chamados computadores Tudo em Um (All in One, em inglês). Eles apresentam melhor aspecto (alguns são realmente muito bonitos) e organização por unir o gabinete ao monitor - como o Computador Positivo Union 640, que vem com Gravador de DVD, Webcam, TV e Rádio FM, tela de 15,6" e Windows 7

PC tudo em um Positivo Union 640

Por que comprar um notebook

O preço dos notebooks - que sempre foram caríssimos - caiu muito e, se você precisa de uma máquina com um poder médio de processamento, já vale a pena esquecer os desktops e comprar um notebook como computador principal. Você é uma pessoa que costuma viajar muito? Enfrentar longos períodos em salas de esperas e reuniões? Um portátil pode ser uma boa ideia.

Se precisar ao mesmo tempo de poder e portabilidade, opte por um notebook com processador Intel Core i3, i5 ou i7. O supra-sumo é o Notebook HP Envy, com Core i7, Blu-ray e capacidade 3D. Se não puder gastar tanto assim, nosso campeão de vendas com Core i7, com muito poder de processamento e recursos avançados, é o Notebook CCE 745B

Notebook Intel Core i7 CCE 745B

Seu negócio é ter um notebook não tão sofisticado, mas que dê conta do trabalho como um computador desktop e que custe menos de mil reais? Tente o Notebook Samsung RV415-AD1. Sua lista de recursos inclui 320GB de espaço em disco, Gravador de DVD, HDMI, Bluetooth, tela LED 14" e Windows 7.

Notebook Samsung RV415-AD1 AMD 2GB 320GB

Netbooks e tablets: quando o notebook ainda é muito gande...

Apesar de portáteis, os notebooks nunca foram tão fáceis de carregar assim. Suas telas avantajadas privilegiam o trabalho, mas acabam fazendo com que eles ocupem um maior espaço na hora de transportar. Além disso, se você já tem um computador de mesa em casa, um notebook também potente pode ser desperdício de dinheiro.

Surgiram então computadores menores ainda e de mais baixo custo: primeiro os netbooks e depois os tablets. A diferença mais visível entre eles é o modo de entrada.

O netbook é um notebook miniaturizado, com teclado e tela separados. Se seu trabalho depende de muita digitação de texto, é capaz de um netbook ser mais indicado.

Em praticamente todos os outros casos (entretenimento, comunicação, fotos e vídeo, navegação na internet, até mesmo jogos) a melhor pedida é um tablet, sem teclado e com tela touchscreen.

Netbooks

Os netbooks possuem telas menores que as dos notebooks, são extremamente leves (alguns pesam menos de um quilo) e contam com processadores mais econômicos (normalmente o Atom, da Intel) e de menor desempenho - custam, portanto, um preço menor. O desempenho é suficiente para coisas simples: navegar na internet, editar textos ou planilhas.

Dessa forma, ele não substitui, mas complementa o computador maior, em casa ou no trabalho. Normalmente vem acompanhado de placa de rede sem fio (wireless) e Bluetooth, o que amplia sua conectividade com outros dispositivos.

Um belo exemplo de netbook é o Microboard Netslim, que vem com tudo o que tem direito - inclusive Buetooth e Windows 7, numa ótima tela de 10 polegadas.

Notebook Samsung RV415-AD1 AMD 2GB 320GB

Tablets

A tendência de miniaturização continuou forçando a indústria e os netbooks, que surgiram como oponentes dos notebooks, ganharam um novo rival: os tablets.

Equipamentos mais simples, de arquitetura extremamente compacta, os tablets costumam ter tela touchscreen (sensível ao toque) no lugar de teclado, mouse e monitor. São máquinas atraentes e divertidas, mas que por conta de algumas limitações devem necessariamente ser usadas como complemento de computadores maiores.

Apesar de existirem muitas opções baratas de tablets, para evitar dores de cabeça - especialmente nessa época em que são novidade - recomendamos adquirir os mais estabelecidos e com presença no mundo todo, o iPad, da Apple, e o Samsung Galaxy Tab. Há também o excelente Motorola XOOM e o novíssimo Ypy, da Positivo.

Samsung Galaxy Tab Tablet Android

Quer saber mais sobre tablets? Preparamos um guia só para eles.

Buscar